segunda-feira, 26 de julho de 2010

Carpa Véu





Nishkigoi:
Nishkigoi, especificamente, são carpas ornamentais, coloridas ou estampadas, que surgiram por mutação genética espontânea das carpas comuns (carpas cinza) na região de Niigata no Japão e que no período de 1804 e 1829 foram multiplicadas pelos piscicultores da região que aperfeiçoaram suas características bizarras chegando a obter três tipos híbridos: o Higoi (carpa vermelha), o Asagui (carpa azul e vermelha) e o Bekko (branca e preta).


Na época da reprodução temos as seguintes características:
Machos:Geralmente são menores e mais esguios que as fêmeas, mais precoces, e podem atingir a maturidade sexual logo no primeiro ano, quando estão com 550 a 700 gramas, apresentam um crescimento anormal das nadadeiras peitorais.Na direção do ânus desenvolvem pequenas saliências nos opérculos e nas barbatanas peitorais, formando superfícies ásperas e esfregam essas saliências e golpeiam levemente as fêmeas para estimulá-las.Deve-se utilizar como reprodutores os machos com idade entre 3 e 10 anos.Manualmente: secretam esperma ao se fazer uma compressão em sua barriga.Fêmeas:São mais volumosas e desenvolvidas que os machos.Seus órgãos genitais ficam muito mais salientes e avermelhados, apresentam aumento do abdômen, devido à produção de ovas.O abdômen pode estar maior de um lado que do outro, e apresenta-se macio.Podem desovar já no primeiro ano de vida, quando estão com 900g a 1,2 Kg.Manualmente: ao serem comprimidas próximo à região anogenital como nos machos, secretam um líquido sanguinolento junto com alguns óvulos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário